Animes e MangásListas

10 Diferenças Entre o Anime e o Mangá de One Piece

A obra original de Eiichiro Oda sofre muitas alterações em sua adaptação para anime, sendo algumas muito relevantes e outras nem tanto. Trouxemos uma lista com algumas diferenças entre o anime e o manga de One Piece.

 

#01 O começo: No mangá, a obra começa direto com o flashback de Shanks e Luffy, mostrando a história completa dos dois. Já no anime, vemos Luffy entrando por acidente no navio de Alvida, quando o mesmo estava dentro de um barril, começando a história de como o chapéu de palha conheceu o Coby.

 

#02 A introdução de Nami: No mangá, Nami aparece apenas na vila Orange, onde ela foi salva por Luffy quando a mesma estava lidando com os piratas do Buggy. Já no anime, a futura navegadora aparece logo no primeiro episódio, e ela presenciou o embate entre Luffy e Alvida.

    

#03 Gaimon: No mangá, Luffy, Zoro e Nami acabam indo para a ilha onde vive Gaimon (o homem preso dentro de um baú) à procura de comida, e somente após esse encontro que eles partem para a Vila Syrup. No anime, os chapéus de palha encontram o Gaimon após o arco da Vila Syrup, ou seja, tanto Usopp quanto Merry participam desse encontro junto com os outros três Mugiwaras. Outro detalhe é que, no mangá, Zoro fica dormindo o tempo todo na jangada e não conhece Gaimon, mas no anime ele entra na ilha e conhece o homem-baú.

  

#04 Introdução de Usopp: Nesse arco temos muitas mudanças, mas elas não afetam a obra. A mudança começa já na apresentação de Usopp, pois no mangá ele tem apenas uma breve conversa com Luffy, Zoro e Nami na praia, enquanto que, no anime, Usopp acaba atacando os três com seu estilingue, além de ter uma longa conversa com os mesmos após isso.

  

#05 Usopp e seu pai: Assim que Usopp revela que seu pai é um pirata, Luffy logo percebe que o atirador é filho de Yasopp, um dos companheiros de Shanks. Após isso, Luffy fala para Usopp que ele conhece o pai dele, além de elogiá-lo como pirata. Já no anime, Luffy sabia de imediato que Usopp era filho de Yassop apenas por ouvir seu nome, pois durante o arco “Romance Dawn” do anime, Yassop menciona Usopp para Luffy. No mangá, esse flashback entre Luffy e Yasopp ocorre apenas no arco da Vila Syrup.

#06 Flashback entre Sanji e Zeff: Essa é uma das mudanças mais marcantes no enredo da saga East Blue. No mangá, Zeff deu toda a comida para Sanji assim que eles ficaram presos numa ilha, e, para não morrer de fome, o perna vermelha arrancou sua própria perna para comê-la. O anime censurou essa cena, entretanto, Zeff continuou tendo que arrancar sua perna, porém foi para salvar Sanji, que estava se afogando no mar.

  

#07 Introdução de Ace: No mangá, Ace salva Luffy e os Mugiwaras de Smoker, e conversa com eles apenas à bordo do Going Merry. No anime, Luffy se separa da equipe em sua fuga contra Smoker e acaba encontrando Ace lutando contra alguns agentes Billions que querem matá-lo. Ele ajuda seu irmão, que logo o convida para se juntar aos piratas do Barba Branca. Além disso, há 4 episódios fillers onde Ace acompanha a tripulação dos chapéus de palha, enquanto que no mangá ele se despede de Luffy após entregar seu Vivre Card a ele.

#08 Bon Clay: No mangá, Mr. 2 é apresentado como um Okama, tendo a palavra “Okama” escrita em suas costas, além de praticar o Okama Kenpo. Já no anime, Bon Clay é apresentado como sendo um bailarino do sexo masculino, tendo as palavras “Bon Kurei” escritas em suas costas e praticar o Ballet Kenpo.

 

#09 Thriller Bark: No mangá, os Mugiwaras estavam procurando Nami, mas Sanji, Zoro, Usopp e Chopper desaparecem misteriosamente. No anime é mostrado que eles são capturados pelos ratos aranhas de Tantatan. Além disso, na luta de Sanji contra Absalom, o leão dos 4 misteriosos apunhala Sanji com uma faca nas costas, enquanto que no anime isso não acontece.

 

#10 Sabaody: No mangá, quando os piratas do Kid encontram Law, o mesmo “cumprimenta-os” mostrando o dedo do meio. Já no anime, essa cena é censurada, mostrando apenas o Law acenando com a cabeça para Kid.

 

O que acharam da lista, pessoal?

Vocês lembram de outra diferença que ficou de fora da lista? Diz pra gente nos comentários!

Deixe seu comentário

Tags

Relacionados