Animes e MangásListas

11 Mangás Shonen Que Foram Criados por Mulheres

O gênero Shonen é feito especialmente para o público masculino, mas você sabia que as mulheres também participam ativamente nesse âmbito? Confira esses 11 mangás shonen que foram criados por mulheres.

 

FULLMETAL ALCHEMIST

Com certeza, FMA é uma das melhores obras que existem no mundo dos mangás. Criado por Hiromu Arakawa, o mangá contem 108 capítulos com a história já finalizada. Além disso, conta com duas séries animadas: Fullmetal Alchemist, uma história paralela ao mangá e Fullmetal Alchemist: Brotherhood, uma história que segue o mangá original; dois filmes, um live action produzido pela Netflix e uma Light Novel. A obra foi lançada pela revista Monthly Shonen Gangan entre agosto de 2001 e junho de 2010. Hiromu também é autora de outros mangás, como Silver Spoon, Arslan Senki e  Gin no Saji.

Edward Elric e Alphonse Elric tentam reviver sua mãe usando a alquimia, que é uma técnica de ciência avançada em que os objetos podem ser criados a partir de matérias-primas. Eles pesquisam sobre Transmutação Humana, uma técnica proibida da alquimia em que se tenta criar ou modificar um ser humano. A tentativa de trazer sua mãe de volta a vida foi um desastre, e nesse processo, Edward perde a perna esquerda e o Alphonse perde o corpo inteiro. Na tentativa de trazer o irmão de volta, Edward sacrifica seu braço direito para unir a alma de Alphonse a uma armadura. Anos após esse incidente, Edward se torna um Alqumista Federal, e ele e seu irmão Alphonse partem em busca da pedra filosofal, com o objetivo de restaurar seus corpos.

 

INUYASHA

Criada por Rumiko Takahashi, InuYasha foi um anime que marcou a infância de muitos brasileiros. O mangá tem 56 volumes, contem um anime, 4 filmes e 5 OVAS, além de uma Light Novel. A obra foi lançada pela revista Weekly Shonen Sunday entre 13 de novembro de 1996 e 18 de junho de 2008. Rumiko também é autora de outros mangás, como Ranma ½ e Kyoukai no Rinne.

Kagome é uma garota japonesa do ensino médio da era atual. Nunca foi do tipo de acreditar em mitos e lendas, sua visão do mundo muda drasticamente quando, um dia, ela sai do seu próprio tempo e em entra em outro! Lá é o passado do antigo do Japão, Kagome descobre mais do que algumas dessas velhas lendas empoeiradas são verdadeiras, e que seu destino está ligado a uma criatura lendária, em particular o meio-demônio cão, chamado Inuyasha! Isso é mesmo um truque do destino que também liga os dois para a joia Shikon, ou “Joia de Quatro Almas”. Mas os demônios com a posse do menor fragmento da joia pode obter um poder inimaginável.

 

KATEKYO HITMAN REBORN!

Criado por Akira Amano, KHR é um mangá shonen de 409 capítulos em 42 volumes. Além disso, possui uma adaptação para anime, com 203 episódios, um OVA e Light Novel. O mangá foi publicado na Weekly Shonen JUMP do ano de 2004 até 2012. Akira também é criadora do mangá ēlDLIVE.

Katekyo Hitman Reborn conta a história de Sawada Tsunayoshi, chamado por seus amigos apenas de Tsuna. Conhecido na sua escola como o “bom-em-nada-Tsuna” Por sua falta de habilidade nos estudos e nos esportes. Tsuna está em seu primeiro ano no colegial e é apaixonado por sua colega de classe: Sasagawa Kyoko. Certo dia em sua casa Tsuna recebe um estranho bebê, chamado Reborn, que se auto intitula um hitman e diz ser seu professor particular para que se torne o próximo líder da Família Vongola, uma poderosa família da máfia Italiana. Desde então, Tsuna, junto de Reborn e seus amigos, encara desafios e perigos enquanto é treinado para se tornar um bom mafioso.

 

D. GRAY-MAN

Criado por Katsura Hoshino, D. Gray-Man possui 24 volumes e ainda está em andamento. Conta também com um anime de 103 episódios e um spin-off criado por Kaya Kizaki, que mostra a história dos personagens. Inicialmente era lançado na revista Weekly Shonen JUMP, mas devido a problemas de saúde da autora, o mangá foi transferido para a revista trimestral JUMP Square.

Allen Walker é um jovem exorcista que tem um olho amaldiçoado que vê o sofrimento de Akumas criados pelo Conde Millenium. Ele viaja para o Quartel dos Exorcistas na Inglaterra aonde seu mestre o mandou ir encontrar com outros Exorcistas. A batalha entre o Conde Millenium e a Família Noé se intensifica quando alguns dos melhores Exorcistas começam a ser mortos por montes de Akuma. O Japão passa a ser o palco principal da batalha final do Século XIX para não deixar que a raça humana inteira seja transformada em Akumas. Os Exorcistas contam com o poder de Inocência, que lhes foi dado por Deus.

 

MAGI: THE LABYRINTH OF MAGIC

Criado por Ohtaka Shinobu, Magi é um mangá que contem 369 capítulos em 37 volumes. Foi lançado pela revista Weekly Shonen Sunday. Além disso, tem uma adaptação para anime com apenas duas temporadas. Ohtaka também é autora de outros mangás, como Magi: Sinbad no Bouken e Orient, ambos em andamento.

Essa história é sobre o fluxo do destino e da batalha para manter o mundo no caminho certo. Aladdin é um garoto que tem a intenção de explorar o mundo depois de ficar preso em uma sala na maior parte de sua vida. Seu melhor amigo é uma flauta com um djinn nele, chamado Ugo. Pouco tempo depois, Aladdin descobre que ele é um Magi, um mago que escolhe os reis, e ele nasceu para escolher reis que vão seguir o caminho justo, lutando contra aqueles que querem destruir o destino. Siga suas aventuras de como ele conhece os outros contos de “Mil e Uma Noites”, como Alibaba e Sinbad, e a luta para manter o equilíbrio do mundo que está em cheque!

 

NORAGAMI

Criado por Adachitoka, o mangá conta com 18 volumes e ainda está em andamento, sendo lançado mensalmente pela Monthly Shonen Magazine. Possui uma adaptação para anime com duas temporadas.

Yato é um deus menor, cujo sonho é ter um monte de seguidores adorá-lo e orar com ele. Infelizmente, o seu sonho está longe de se tornar realidade desde que ele não tem sequer um único santuário dedicado a ele. Para piorar as coisas, o único parceiro que tinha que o ajudava a resolver os problemas das pessoas, tinha acabado de sair do trabalho. Sua existência divina e a sorte só pode mudar quando ele se depara com Hiyori Iki e salva sua vida, um feito que também deixa em muito a situação para que ela está presa com ele até que seu problema é resolvido. Juntamente com Hiyori e sua nova Yukine parceiro de armas, Yato vai fazer tudo que puder para ganhar fama, reconhecimento e apenas talvez, um santuário dedicado a ele, também.

 

KUROSHITSUJI

Criado por Yana Toboso, o mangá conta com 26 volumes e ainda está em andamento, sendo lançado pela revista Monthly GFantasy. Tem 3 temporadas em anime, tanto com histórias paralelas quanto com adaptação fiel ao mangá. Conta também com OVAS, filmes e um live-action.

Em uma mansão nos arredores de Londres, na era Vitoriana, o mordomo Sebastian Michaelis serve Ciel Phantomhive, de doze anos de idade, o cabeça de uma família nobre inglesa e de um império de brinquedos e doces, que atua diretamente com a rainha. Sebastian realiza todas as tarefas exigidas por seu mestre, solucionando problemas que importunam a Inglaterra com facilidade e perfeição, por causa de sua linhagem demoníaca e do contrato com seu mestre.

 

AO NO EXORCIST

Criado por Katou Kazue, o mangá conta com 20 volumes e ainda está em andamento, sendo lançado mensalmente na revista JUMP Square. Possui uma adaptação para anime, contendo 3 temporadas, além de um filme e um mangá spin-off (Salaryman Exorcist: Okumura Yukio no Aishuu).

Este mundo é composto de duas dimensões que se juntaram como uma só, como um espelho. O primeiro é o mundo em que os seres humanos vivem, Assiah. O outro é o mundo dos demônios, inferno. Normalmente, as viagens entre os dois é impossível. No entanto, os demônios podem passar para este mundo possuindo algo que existe nele. Satan é o deus dos demônios, mas há uma coisa que ele não tem e é um recipiente no mundo humano que seja poderoso o suficiente para segurá-lo. Para essa finalidade, ele criou Rin, seu filho de uma mulher humana, mas seu filho concordará com seus planos?

 

PANDORA HEARTS

Criado por Jun Mochizuki, o mangá conta com 89 capítulos em 24 volumes. A obra foi lançada pela revista Monthly GFantasy. Possui uma adaptação para anime com 25 episódios.

Oz Bezarius, herdeiro de uma das 4 casas nobres, acaba de completar quinze anos. Sua vida é rica e despreocupada, escurecida apenas pela ausência e o desprezo constante de seu pai. Na cerimônia de maioridade (15 anos), porém, tudo muda. Por alguma razão, é lançado na prisão conhecida como Abismo, de onde é salvo por uma corrente, conhecida como Alice, o “Coelho negro manchado de sangue” (Blood Stained Black Rabbit) ou B-Rabbit. Porém, quando volta para o mundo real, Oz descobre que se passaram 10 anos desde a cerimônia.

 

SAINT SEIYA: THE LOST CANVAS

Criado por Shiori Teshirogi, o mangá conta com 223 capítulos em 25 volumes. A obra foi lançada pela revista Weekly Shonen Champion. Possui uma adaptação para anime com 25 episódios. Shiori também é autora de Saint Seiya: The Lost Canvas – Gaiden.

Este mangá conta a história da guerra santa anterior do universo de Saint Seiya, a ter lugar no século XVIII, 250 anos antes do mangá original. A história gira em torno da relação entre Tenma, o cavaleiro de Pegasus e seu querido amigo, Alone, que acabaria por se tornar o seu maior inimigo, Hades.

 

SAINT SEIYA: SAINTIA SHOU

Escrito por Chimaki Kuori, o mangá está em andamento e é lançado pela revista Champion Red, com 11 volumes atualmente. A adaptação para anime também está em lançamento.

A série apresenta uma nova classe de guerreiras de Athena, conhecidas como Saintia, diferentes das guerreiras que apareciam no trabalho de Kurumada, chamadas de Amazonas, no original. As Saintia são a Guarda pessoal de proteção à Athena, e só são vistas protegendo-a, por isso são consideradas lendas para os outros Cavaleiros. A história de Saintia Sho acontece em paralelo com a trama dos cavaleiros de bronze/ouro. Ou seja, Seiya continua como o cavaleiro de Pégaso ao lado de seus companheiros, os Cavaleiros de Ouro continuam guardando suas casas no santuário e toda essa parte das histórias clássicas continua sem alteração. A ideia não é substituir os cavaleiros clássicos ou a história que já existe, mas sim mostrar uma trama paralela a história principal.

 

O que acharam da lista, pessoal!?

Conhecem outro mangá shonen que foi criado por alguma mulher?

Deixa nos comentários pra gente!

Deixe seu comentário

Tags

Relacionados