Animes e MangásNotícia

Coronavírus irá afetar os mangás da Weekly Shounen JUMP

A Editora Shueisha anunciou nesta quarta-feira que irá adiar a edição 21 deste ano da sua Revista Weekly Shonen Jump daqui uma semana. Portanto, teremos uma edição dupla, dos números 21 e 22 da revista, no dia 27 de abril. A Shueisha originalmente lançaria a 21ª edição no dia 20 de abril.

A Shueisha explicou que existe a possibilidade de um funcionário na casa dos 40 anos do departamento editorial da revista ter sido infectado com a nova doença do coronavírus (COVID-19). Um funcionário informou na quinta-feira, 2 de abril, que estava com febre e se absteve de ir ao trabalho. O funcionário foi para um hospital e está sendo ordenado a ficar em casa, enquanto aguarda os resultados de um teste de PCR (Teste de sintetizar o DNA). A Shueisha enfatizou que esse funcionário não estava empregado em uma posição em que interagia diretamente com os criadores de mangás.

Em resposta, a Shueisha ordenou nessa segunda-feira (dia 6 de abril) que seus funcionários trabalhassem em casa a partir dessa semana. Além disso, o departamento editorial da Weekly Shonen Jump suspendeu temporariamente todos os trabalhos para reduzir ainda mais o risco de espalhar a infecção para seus criadores de mangá e outras pessoas envolvidas na revista. A 20ª edição da revista ainda será lançada conforme o previsto na próxima segunda-feira, 13 de abril.

Portanto:
– Os mangás serão lançados normalmente nesta semana (2ª semana da abril).
– Não teremos NENHUM mangá da JUMP na próxima semana (3ª semana de abril)
– Os mangás voltam na 4ª semana de abril, ainda sem notícia de futuras novas pausas.

Confira a nota oficial divulgada pela revista:

Tradução Livre:

“Dia 8/4/2020, temos uma suspeita de coronavírus em um dos nossos editores (Homem, na faixa dos 40 anos). Ele está com febre desde o dia 2, e por recomendações médicas está aguardando em casa para fazer o exame PCR. Ele não interagia diretamente com os escritores, então não há riscos dele ter passado o vírus para nenhum deles.

A nossa empresa tem feito Homework desde o dia 6, porém, para evitar o risco de contaminação de todos os autores e relacionados, vamos parar temporariamente a publicação de toda a Shounen Jump. Então, a edição “Shounen Jump Nº21”, que estava programada para ser lançada dia 20/4 (ambas impressa e digital), será adiada por uma semana e publicada como “Shonen Jump Nº21,22” no dia 27/4. A edição “Shonen Jump Nº20” será lançada dia 13/4 conforme o programado.

Pedimos desculpas por todos os aborrecimentos, confusões e para todos os fãs que aguardam ansiosamente toda semana. Durante a pandemia, nossa prioridade máxima é a saúde dos autores e envolvidos. Mas também faremos o máximo para auxiliar os autores, que continuam escrevendo fervorosamente as suas obras, para entregar um pouco de luz ao coração dos leitores. Pedimos sua compreensão.”

 

A Editora Shogakukan anunciou no final do mês passado que um de seus funcionários foi diagnosticado com COVID-19 e depois relatou um segundo funcionário diagnosticado com a doença apenas alguns dias depois. A Shogakukan anunciou uma ordem de trabalho fora de casa para todos os seus funcionários de 27 de março a 10 de abril.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe anunciou um estado de emergência nas prefeituras de Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Osaka, Hyogo e Fukuoka desde terça-feira passada até 6 de maio. O departamento editorial da Shueisha Shonen Jump está em Tóquio.

Os primeiros casos relatados de COVID-19 ocorreram em Wuhan, China, em dezembro, e então a doença começou a se espalhar em taxas e intensidades variadas em muitas partes do globo, através da incubação em hospedeiros humanos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou uma emergência mundial de saúde em 30 de janeiro e anunciou em 11 de março que está classificando o surto como uma pandemia. Na terça-feira, a OMS informou que existem 1.279.722 casos confirmados em todo o mundo. 72.614 indivíduos morreram da doença.

Na terça-feira, a OMS informou que o Japão tem 3.906 casos de COVID-19 com 80 mortes. Esses números não incluem o número de casos do navio Diamond Princess atracado em Yokohama. Esse navio de cruzeiro teve 712 passageiros infectados com 11 mortes.

 

Fonte: One Piece Ex 

Deixe seu comentário

Tags

Ana Laura Marcon

Estudante de Medicina Veterinária na UFRGS, escritora dos spoilers semanais e criadora de conteúdo por diversão. Amante de mangás, principalmente Saint Seiya, One Piece, Boku no Hero Academia, Haikyuu e The Promised Neverland. #AllBlue400K

Relacionados