Videos

Nanatsu No Taizai #130 – A Dor que Gentilmente Mata

Mais um Review de Nanatsu por Ana Laura Marcon! Ela é membro da página Tripulação do Chapéu de Palha! Então não deixem de conferir e dar essa força lá também :))

Vakinha Patreon Assinatura La Basura Meta Sônicos The Wolfstorm Instagram

Nanatsu No Taizai #130 por Ana Laura Marcon:

Capítulo 130 de Nanatsu No Taizai: A dor que gentilmente mata.

Meliodas cansou de ser protagonista e entrou de férias com a Liz. Os dois foram passear no Jurassic Park.
Meliodas cansou de ser protagonista e entrou de férias com a Liz. Os dois foram passear no Jurassic Park.

O capítulo começa com Merlin revelando o porquê de ter “roubado” o poder de Meliodas, em um flashback entre o time, antes de chegarem à terra dos druidas. Meliodas, realmente, não conseguia controlar tanto poder devido a falta de controle das suas emoções, e isso era perigoso demais. Meliodas já enlouqueceu e foi tomado pela raiva, e Hawk se lembra disso. Merlin, na tranquilidade, fala que são apenas restos do poder original.

Meliodas, o melhor resto.
Meliodas, o melhor resto.

Merlin explica que, no passado, uma menina sofreu graves ferimentos por ser atingida pelo poder de Meliodas, enquanto ajudava os sete pecados. Ele quase enlouqueceu pela culpa, mas quando ele estava com a guarda baixa, Merlin retirou a maior parte de seu poder, evitando uma possível destruição do reino de Liones. Ela e outros druidas selaram o terrível poder dele.

Voltando ao presente, Meliodas está preso em sua mente, devido aos poderes de Zanelly. Elizabeth fica curiosa, irritando a druida com suas perguntas. (“Fica quieta!”, “Não é da sua conta!”, “Xô, xô!” HAHA). Ela explica, novamente, que ele estava passando por um teste muito difícil. Só assim o coração dele poderia aguentar dor e sofrimento, sendo capaz de controlar seu poder, sem perder o controle.

E surpresa! Elizabeth também faria um desafio! Zanelly entregou a ela um cálice, cheio de sementes de rosas maculadas de doenças, e mesmo recebendo água ou luz do sol, elas jamais floresceriam. O teste de Elizabeth é fazê-las florescer, usando seus poderes. Zanelly explica que pessoas com sangue de druidas possuem talento natural para cura, e se Elizabeth não fosse capaz disso, não poderia seguir em frente com o time dos pecados.

Futura curandeira do time.
Futura curandeira do time.

A cena volta para o teste de Meliodas. Ele, mesmo sem entender, claramente não está feliz com o desafio. Liz repara que ele estava estranho e reclama, e ele rebate, chamando-a de ilusão. Ela fica braba, mas não consegue reagir. Ele agarra os seios de Liz, e nota que ela era uma ilusão real. Diferente da reação que Elizabeth teria, Liz dá um belo soco na cara de Meliodas. O antigo animal, companheiro de Meliodas, também aparece, reclamando da atitude do capitão. Depois disso, os três vão para casa. Meliodas começa a pensar no motivo de ter que reviver tudo aquilo para completar seu teste, ele ainda não entendeu o propósito (migo, que lerdeza!). A ilusão era tão real que ele duvidou de sua vida, tudo poderia ser um sonho… Mas não era. Ao abraçar Liz, ele sente uma gota de chuva. O desespero começa.

Ele vê Liz, novamente, morta. Danafor estava no caos, com dragões atacando casas e o resto da cidade. Diversas pessoas mortas. Falcão e Liz mortos.

IMAGEM 4

Meliodas explode de raiva, mas ele volta ao começo do sonho. Liz fica muito preocupada com o seu amado, notando que ele não estava bem. Finalmente, Meliodas entende o desafio (tava na hora, né querido?).

IMAGEM 5

No lado real, seu corpo está reagindo à ilusão, e Elizabeth se preocupa. Nenhuma delas poderia interferir. Se Zanelly quisesse, poderia devolver, facilmente, o poder de Meliodas, mas isso seria arriscado demais. Ele precisa aprender a controlar sua raiva ao ficar agitado, caso contrário, o seu maior pesadelo nunca terá fim.

IMAGEM 6

Meliodas estava sofrendo muito, por isso Zanelly interrompeu o desafio. Ela teme que ele não fosse capaz de suportar, pois ele poderia ter, novamente, surtos psicóticos e acabaria destruindo tudo pela frente.

Ele soca o chão com raiva, totalmente frustrado com a situação. Elizabeth vai até ele.

Os shippers piram! *Momento MeliBeth*
Os shippers piram! *Momento MeliBeth*

Zanelly fica puta com o clima de romance e grita com Elizabeth, dizendo pra ela continuar o desafio. (KKKKK, miga, aceita que dói menos).

Finalmente, Meliodas se recupera, e pede pra que Zanelly o colocasse, novamente, em seu teste. Ela hesita, dizendo que nem mesmo ele seria capaz de suportar. Meliodas está muito mais determinado em conquistar seu poder, pois assim, conseguirá proteger seus amigos.

IMAGEM 8

FIM DO CAPÍTULO! Ele foi cheio de informações, mas ótimo. Pensei que a Elizabeth ficaria apenas assistindo a cena, mas ela também está sendo testada! Adorei isso! Espero que ela desenvolva sua habilidade de cura logo, gosto de personagens com essa técnica (mesmo sendo… A Elizabeth, hihi). Ela podia treinar algumas coisas com a Merlin, seria uma evolução ótima para a personagem.

Meliodas vai sofrer muito, mas, com certeza, passará no teste. Vamos ver o quão poderoso é o capitão dos sete pecados! Estou louca para vê-los em ação novamente. Onde está o Escanor, esse malandrão? O que aconteceu com Ban e Diane? Ai meu rim. Enfim, espero que vocês tenham gostado desse review de Nanatsu No Taizai! Até a próxima semana, galera!

Vakinha Patreon Assinatura La Basura Meta Sônicos The Wolfstorm Instagram

Ana Laura Marcon

11281804_814996165274873_2089780820_n

Garota maluca apaixonada por mangás e filmes da Disney. Tem 18 anos e sonha em se tornar engenheira. Seus mangás preferidos são Saint Seiya, One Piece, Yu Yu Hakusho, Fullmetal Alchemist e Nanatsu no Taizai, nessa ordem.

E não esqueçam de visitar a página da qual ela faz parte: Tripulação do Chapéu de Palha ;))

Deixe seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo